Chia

A chia é chamada de superalimento completo da natureza, pois possui alta taxa de elementos nutricionais, que é essencial para uma dieta saudável, incluindo Omega 3, fibras e proteínas, bem como vitaminas, minerais e antioxidantes.

A chia é um alimento integral, pois contém todos os componentes do grão; farelo, germe e endosperma. 

Toda a semente natural e integral possui alto teor de elementos nutricionais.

Semente natural é proveniente da planta que não sofreu alterações genéticas, híbridas e enxertos.

                                               Integral é quando possui toda a estrutura do grão, sem refinamento ou separação do farelo.  

Esse potencial aumenta ainda mais quando a produção é orgânica. ( sem uso de agrotóxicos, adubos químicos e transgênicos )                                                              

Composição básica da chia

Estudos recentes sobre a composição química das sementes chia têm mostrado algumas de suas características notáveis. A análise básica tem demonstrado em média 17% de proteína, 32% de gorduras e até 27% de fibras.  Esta composição indica uma quantidade superior a muitos dos alimentos que nós consumimos, principalmente agrícolas no momento; mas tais estudos também mostram que a chia é uma fonte completa de proteínas uma vez que tem um perfil notável de quase todos os aminoácidos essenciais. Para as gorduras, deve-se dizer que a valorização atual da cultura pré-colombiana é devido, em grande parte ao aumento da conscientização do papel dos lipídios, particularmente os ácidos graxos polinsaturados na manutenção da saúde. A chia é, como tem sido enfatizada por estudiosos, a maior fonte vegetal de ácidos graxos da série ômega-3. A proteína da chia é uma proteína completa, com todos os 8 aminoácidos essenciais que é muito raro para uma fonte vegetariana de proteína; seus hidratos de carbono são também do ponto de vista nutricional, de qualidades de grande importância para a saúde humana. Quanto aos minerais e elementos traço a chia lidera, fruto do múltiplo cruzamento natural entre as diferentes espécies de chia, a exemplo do amaranto e da quinua; fator esse que fortalece cada vez mais a semente e a torna cada vez mais nutritiva.

Segundo estudos a chia é uma semente de difícil oxidação, motivo pelo qual pode ser comercializada na forma de farinha ou triturada sem perder suas características nutricionais, podendo também ser triturada na hora de usar para aproveitar melhor a energia vital da semente.

A chia é sem dúvida mais um presente da mãe natureza !



www.cianatural.com.br

.Bolívar Sassi - 07/02/2011 - www.cerealistacentro.com.br